Viagem a Israel : Não é perigoso por causa da guerra?

A viagem a Israel é mais segura do que morar no Brasil, acredite.

Soldados Israelenses

Por conta dos noticiários temos a tendência de achar que vão estourar bombas por todos os lados em Israel e isso está muito longe da realidade. Israel é o país mais seguro do mundo, e isso por necessidade mesmo. Além das relações quase sempre instáveis com os países árabes, as constantes possibilidades de ataques terroristas forçam Israel a ter uma segurança nacional diferenciada. Lá você pode literalmente sair com seu computador e smart phone pelas ruas que não terá com o que se preocupar.

Yohai (O guia turístico de nossa primeira vez na Terra Santa) - Haifa/Israel

Yohai (O guia turístico de nossa primeira vez na Terra Santa) – Haifa/Israel

Quando os brasileiros chegam a Terra Santa, uma das primeiras orientações que os guias passam é sobre o procedimento de chegada em cada um dos hotéis: – Família, assim que chegarmos ao hotel deixem suas malas na calçada, entrem no hotel, dirijam-se ao lobby e retirem sua chave do quarto e os adesivos de identificação das malas, voltem e colem o adesivo em suas malas e suba para o quarto, deixem as malas na calçada mesmo, os maleteiros cuidarão de  tudo. Mas, brasileiros é um povo desconfiado..rs. Teve gente que mesmo com o serviço de maleteiro incluso no pacote fez questão de carregar suas próprias malas em todos os hotéis.

Ernesto e Rita Maia (como bons brasileiros) agarrados em suas malas sempre..rsrs.

Ernesto e Rita Maia (como bons brasileiros) agarrados em suas malas sempre..rsrs.

Lá, a única coisa que você tem para se preocupar é em estar focado nas ministrações e em aproveitar ao máximo a experiência de estar na Terra Santa. Por isso a viagem a Israel se torna algo marcante, principalmente para brasileiros, lá encontramos paz pelas ruas, diferente do que “os Datenas” brasileiros falam na mídia.

As regiões que estão no roteiro padrão ficam distantes da faixa de Gaza, em 99% das peregrinações você não vê nada do conflito, mas isso não significa que não veja armas. Eu pessoalmente vi na cintura de uma das camareitas uma pistola, isso mesmo, mas é preciso lembrar que a população israelense é preparada desde muito jovem a servir o país militarmente, isso para que possam agir em qualquer circunstância contra qualquer ameaça a paz de seu país. No começo assusta, depois traz sensação de segurança.

Por isso, você que está pensando em visitar a Terra Santa, vá sem se preocupar com bombas, preocupe-se em viver o melhor que o Deus de Israel tem para você.

Comente a postagem acima!